CURSO DE PSICANÁLISE

Datas:

Agosto: 24 e 31

Setembro: 14, 21 e 28

Outubro: 05, 19 e 26

Novembro: 9, 16, 23 e 30 

Dezembro: 07

 

 UNIDADE I - O INCONSCIENTE E O PARLÊTRE

Em que o inconsciente lacaniano representa uma contribuição ou uma divergência em com­paração ao inconsciente freudiano? Inicialmente, o recalque, que caracterizou o essencial do inconsciente para Freud, deixa de ser uma categoria fundamental. Diferentemente de Freud, Lacan não parte da memória para construir a noção de inconsciente; retêm desta, apenas “a inscrição em um significante”. Além disso, para Lacan, de maneira muito mais marcante, ainda atribuindo a posição à Freud, “o inconsciente está estruturado como uma linguagem”, o que deve ser entendido não somente como algum discurso que faria fundo para o sujeito, mas como algo que fala, no qual o sujeito desempenha um papel. O que aparece gradualmente no ensino de Lacan é que o inconsciente é menos uma descoberta que uma construção. “Isso não descobre nada [...], o inconsciente inventa”. A unidade I propõe acompanhar a maneira como o conceito de inconsciente é trabalhado e retrabalhado até as últimas fórmulas do Unbewußt.

 

O inconsciente freudiano

Professora: Maria Rita de Oliveira Guimarães

Horário: 18:30 h às 20:00 h

Local: Inicialmente pelo Zoom

 

Lacan: do inconsciente estruturado como linguagem ao falasser

Professores:  Luciana Silviano Brandão e Guilherme Cunha Ribeiro

Horário: 20:30 h às 22:30 h

Local: Inicialmente pela Zoom

 

 

UNIDADE III -  AS PSICOSES: UMA REORIENTAÇÃO CLÍNICA  

Nesta unidade a psicose será situada, inicialmente, a partir da psiquiatria clássica e seus impasses, bem como da clínica estrutural baseada em uma classificação cujo modelo se sustenta na pre­sença ou ausência da função paterna. Abordaremos o caso Schreber como um paradigma no qual a ausência da função paterna estruturante terá como efeito a desintegração do mundo e a posterior construção do delírio como tentativa de repará-lo. Em seguida, faremos uma leitura lacaniana do caso do Homem dos Lobos. Inquietante, ele surge como “uma serpente e seus mistérios” e marca o momento no qual essa classificação, sustentada na função simbólica do pai, começa a ser abalada, evidenciando novos elementos que desregulam o modelo clínico baseado em uma referência universal. A partir da elaboração de Lacan sobre “a desordem na junção mais íntima do sentimento de vida do ser” serão abordadas as novas formas de apresenta­ção da psicose, nomeadas por Miller de “psicoses ordinárias”. As oscilações do humor serão investigadas a partir das operações de constituição do sujeito, alienação e separação.  E no que tange ao autismo, nos perguntaremos: como abordá-lo, clinicamente, hoje, a partir da psicanálise?

 

 

O Autismo e a Melancolia

Professoras: Paula Pimenta e Maria de Fátima Ferreira

Horário: 18:30 h às 20:00 h

Local: Inicialmente pelo Zoom

As psicoses

Professora: Lilany Vieira Pacheco

Horário: 20:30 h às 22:30 h

Local: Inicialmente pelo Zoom

 

 

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PSICANÁLISE

Período de Inscrição para a seleção: 01 a 17 de julho de 2020

Período de seleção: 20 a 31 de julho de 2020

Início do Curso: 17 de agosto de 2020

Informações e Inscrições : Secretaria do IPSM-MG pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Tels: (31) 3275373  (31) 975104560