Núcleo de Investigação e Pesquisa em Psicanálise e Medicina

Coordenação: Bernadete Carvalho

Coordenação Adjunta: Márcia Abreu Fonseca

Inscrições: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

EMENTA 

O Núcleo de Psicanálise e Medicina, nesse 1º. semestre, volta-se muito diretamente para a clínica, buscando estudar, na estabilidade dos relatos de casos, o momento fugaz da intervenção que toca o real do sintoma, este que renova o gozo fora do sentido.

Fazer das contingências da vida e das palavras de um sujeito o momento de uma intervenção psicanalítica depende, como ressalta J. A. Miller[1], da leitura do sintoma. Uma leitura que não quer se deter na decifração das formações inconscientes, o que certamente vivifica o sujeito, mas que o faz tendo em vista o real das satisfações pulsionais.

O que pôde, em cada caso, abalar uma fixação do gozo? Terá sido uma interpretação? Um ato? Um corte? Um equívoco? O que podemos, a cada caso, descobrir a respeito do que pôde operar? E em qual conjunção, para não esquecer da transferência?

Na interface com a medicina, os sintomas se manifestam muitas vezes no corpo, passando ao largo do inconsciente e endereçando-se ao médico.  Revisitaremos, assim, a condução médica que, favorecida por uma suposição de saber, permite a entrada do analista, quando o próprio médico é tocado pelo gozo do sintoma.

Sob o ângulo do trabalho propriamente analítico, os sintomas no corpo colocam em cena um gozo que insiste e que, em nossos dias, a cada vez com mais frequência, resiste a uma tradução significante. Sua abordagem traz ao primeiro plano os recursos explorados por Lacan em seu ensino que nos remetem às intervenções mais além do sentido, visando extrair o objeto (a) do Outro e desalojar marcas significantes isoladas, condensadoras de um gozo primitivo.[2]

Trazendo à discussão casos em que fenômenos psicossomáticos ou dores sem lastro orgânico puderam ser tocados, também convocamos os elementos teóricos que nos permitem fazer uma leitura desses acontecimentos.

Dedicamos um espaço para refletirmos sobre práticas contingenciais, nesse momento de distanciamento físico, que apostam, com Bassols, na possibilidade de aproximação subjetiva e do encontro com um analista.

 

[1] MILLER, J.-A. Ler um sintoma. In Opção Lacaniana, nº 70. Ed. Eólia, Junho de 2015.

[2] MONRIBOT, P. L’interprétation lacanienne du symptom. www.sectioncliniquenantes.fr

 

Programa - 1º semestre 2021

 

Dia 26 de março

Interpretação ou ato psicanalítico

Apresentação: Francisco Paes Barreto

Comentário: Roberto Assis Ferreira

Coordenação: Délcio Fonseca

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 16 de abril

Título: Fenomenopsicossomático: a dissolução do sintoma no corpo

Apresentação: Guilherme Ribeiro

Comentário: Tereza Facury

Coordenação: Márcia de Abreu Fonseca

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 30 de abril

Titulo: Dor e subjetividade

Apresentação: Santiago Castellanos

Comentário: Cristiane Grillo

Coordenação: Bernadete Carvalho

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 14 de maio

Título: Do sintoma médico ao sintoma analítico

Apresentação: Henrique Torres

Comentário: Roberto Assis

Coordenação:  Cristiane Grillo

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 28 de maio

Título: Coletivo Efeitos – psicanalistas no cenário da pandemia

Apresentação: Patrícia Spyer e Cristiane Grillo

Comentário: Lilany Pacheco

Coordenação: Guilherme Ribeiro

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 11 de junho

Título: A pulsão e a interpretação

Apresentação: Délcio Fonseca

Comentário: Maria do Carmo Dias Batista

Coordenação: Roberto Assis

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 25 de junho

Título: A dor sem limites – caso clínico.

Apresentação: Ana Amélia Oliveira Reis de Paula (Serviço de Psicologia do HC-UFMG/EBSERH) e Gustavo Lages (Coordenador médico da Equipe de clínica da dor do HC-UFMG/EBSERH)

Comentário: Sérgio Campos

Coordenação: Márcia de Abreu Fonseca

Às 12:00 horas

Pelo Zoom

 

Dia 09 de julho

Título: Pontuando o caminho percorrido

Apresentação: Bernadete Carvalho

Comentários: Ana Maria Lopes, Cristiane Grillo, Délcio Fonseca, Guilherme Ribeiro, Márcia A. Fonseca, Roberto Assis.

Às 12:00 horas

Pelo Zoom